sexta-feira, 15 de junho de 2012

CURIOSIDADES: Conheça a História dos Penteados desde a antiguidade aos dias de hoje!




            A indústria oferece uma diversificada gama de produtos para “segurar” os fios no lugar, “levantar” a raiz e “domar” fios rebeldes. O mais antigo deles é o spray de cabelos. Os primeiros produtos acondicionados em aerosóis foram os pesticidas, durante a Segunda Guerra Mundial. Avanços tecnológicos permitiram que, no final dos anos 1940, sprays para cabelo e outros produtos de cuidado pessoal em aerosol, como desodorantes e colônias, fossem introduzido nos EUA.
            Hoje, além dos sprays para cabelo, produtos como géis, mousses, pomadas, sprays de brilho e reparadores de pontas são alguns dos itens que compõem a categoria, usados para fixar, modelar e produzir o visual desejado. Acompanhe uma linha do tempo, com os recursos utilizados em vários períodos históricos para produzir penteados.

Antiguidade

- Mulheres egípcias e romanas usavam uma mistura de argila e água para deixar os cabelos temporariamente ondulados. Depois que elas passavam essa mistura nos cabelos elas enrolavam mechas de cabelos em rolinhos de madeira e ficavam sob o sol até a argila secar. As Egípcias usavam geralmente cabelos presos no alto da cabeça, e em ocasiões especiais usavam perucas pretas com enfeites de marfim e ouro. AS gregas e romanas eram na sua maioria loiras, coloriam seus cabelos com hena, e entre as mais ricas os cabelos eram salpicados com pó de ouro. As romãs ainda tingiam os cabelos com sabão amarelo e usavam perucas feitas com cabelos loiros de escravos bárbaros.


Período Medieval

- No Século XV era comum arrancar os fios da frente da cabeça para passar a impressão de uma fronte maior. Essa aparência era muito admirada na época (coisa estranha né kkkk ). No século XVI, por conta da Rainha Elizabeth II, a moda era rostos brancos carregados de pó de arroz e perucas vermelhas.  E não eram perucas simples, cada vez mais elaboradas cheias de “glamour”.  Eram tão excêntricas que algumas usavam até gaiolas para modelar seus penteados e pasmem, para maior sustentação até dejetos de andorinhas eram usados nos cabelos e por baixo dessas perucas os cabelos reais na geralmente eram curtos e sujos!


Século XX  (dos anos 1920 a 1950)

- No fim do século XIX  já começaram a ser implantados melhores cuidados com os cabelos. Em 1875 o francês  Marcel Grateau desenvolveu a técnica de modular e ondular os cabelos com uso de ferros. Em 1890 em Chicago, USA foi inaugurada a primeira escola de cabeleireiros da história. Cabelos ondulados e curtos eram moda por volta de 1920. Depois nos anos 40 a inspiração para os cabelos vinha de Hollywood com penteados cacheados como as estrelas de filmes da época. Na segunda guerra, as mulheres se viram obrigadas a serem mais práticas então usavam bobes de plástico e cremes, sem muito esforço sem muita frescura. A partir da década de 50 a indústria de cosméticos começou a crescer e as mulheres começaram a se dedicar mais ao cuidado com a aparência. As mulheres não dispensavam mais os cabeleireiros para poder imitar o glamour das estrelas da época. Começaram a surgir mais produtos para modelar, tingir e fixar os cabelos ao estilo “capacete” eram populares.
Anos 1960 e 1970

- Na década de 60 vem o laquê com promessa de cabelos volumosos e surge também o coque banana. Era uma época que “valia tudo” até mesmo usar nos cabelos esponjas de aço, cerveja e açúcar nos penteados. Com o crescimento das mulheres no mercado de trabalho elas se viram obrigadas a fazer penteados mais simples e práticos feitos apenas com spray e principalmente entre as mais jovens apareceram os “rabos de cavalos”. Anos 70 os cabelos mais naturais, soltos e longos eram moda, nesse mesmo período o estilo Black Power era destaque entre os negros e no fim da década de 70 surgiram os punks com seus moicanos coloridos.

Anos 1980

- Eram destaques o penteado prático e comportado da inglesa Lady Di e a liberdade e extravagância na mudança radical de visuais inspirados e tendo como ícone a cantora Madonna. A atriz americana Farrah Fawcett também era destaque com sua cabeleira volumosa e repicada. E por fim ainda se destacavam cabelos curtos modelados com muito gel e efeito molhado.






Anos 1990 aos dias atuais

- Finalizadores a base de silicone, cremes a base de ativos naturais. O surgimento de muitas técnicas inovadoras... Descobrimento de novos ativos como o famoso ÓLEO DE ARGAN,  e o ÓLEO DE MACADÂMEA, enfim hoje creio que a moda é você mesmo que faz... Apesar de ainda muitos seguirem as grandes tendências internacionais, hoje as mulheres e homens, já se dão o direito de usar o que realmente as agradam!



 


Fontes para o texto: sites especializados em história de cosméticos e revista Cosmetics & Toiletries Brasil


CONHEÇAM nossa linha de produtos INDAFARMA

6 comentários:

  1. Olá,muito interessante o post.Nunca iria imaginar que as mulheres rancavam cabelo,kkkk.Gostaria de saber se vcs fazem parcerias com blogs,pois eu gostaria de fazer.Obrigado.
    http://so-pra-teens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fazemos sim querida... pra parcerias envie email para fabio@indafarma.com.br com o link do seu blog e sua proposta ok?

      Excluir
  2. Super interessante o post mesmo !


    www.morangohcomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post.
    http://meninamulhercomglitter.blogspot.com
    Bjins

    ResponderExcluir
  4. como bom conhecer a moda dos penteados
    http://penteadofaceis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir